https://s3.amazonaws.com/s3.saudecuriosa.com.br/2015/Apr/sutia-1429920456797.jpg

53105

Esse post não poderia ter vindo em melhor hora. Quem ainda ta por fora do #belarecatadaedolar, esse post de Ruth Manus no Estadão é maravilhoso. Mas, por hora, não vou falar sobre isso. Só adorei a coincidência por se tratar de um tema – querendo ou não – correlato.

Decidi fazer um experimento na última semana: não usar sutiã.

Eu sou uma dessas pessoas que particularmente adora sutiã. Não usar, obviamente, mas acho uma peça bonita, sei lá. Mas pra todo mundo que já usou uma peça que aperta, sabe a felicidade que é tirar né? Conheço muitas mulheres que não usam ou evitam, e numa dessas conversas de quarto de mulheres se arrumando pra sair, alguém jogou um “se eu tivesse o peito menor, não ia usar sutiã nunca”. Isso grudou na minha cabeça. Decidi que essa minha última semana no rio seria uma semana de liberdade, e iria fazer esse teste.

No primeiro dia, fui só no supermercado e coloquei uma blusa que eu tinha certeza que não marcava nada. Foi de boas. No segundo dia, fui pra balada com um vestido apertado de tecido grosso que nem me deixou perceber que estava sem sutiã. Mas, a partir daí, as coisas começaram a ficar mais difíceis. Me peguei perdendo muito tempo trocando de roupa pra ver se tava transparente, se marcava, se dava pra ver. Descobri que tenho poucas roupas que dá pra usar sem sutiã. Ficava testando tipos de tecidos, cores, estampas, de forma que não desse pra perceber. Escolhia uma que achei de boa, mas na rua, ficava nervosa “será que dá pra perceber?” “será que os homens tão notando?” “será que vão falar?” “será que vão fazer algo comigo?” “e se fizerem, será que vão dizer que a culpa é minha, por estar sem sutiã?”. Ainda consegui ficar vários dias não usando, mas com essas perguntas sempre passando na minha cabeça. Até que ontem, usei. Eu até testei muito e vi que a blusa era da categoria que não precisa. Mas ai pensei que vou me encontrar com amigos, vou ter que abraçar eles, vão perceber que to sem, vai ser constrangedor, melhor não.

Enfim, pode parecer um relato bobo. Mas ter que se preocupar tanto com isso me fez pensar qual a real necessidade dessa peça. É pra esconder? É pra deixar os peitos mais bonitos? Porque ~ com certeza ~ pra conforto não é. E não consegui chegar à nenhuma conclusão que não fosse seres humanos não sabem lidar com a natureza e têm que ficar escondendo seu corpo E mulheres tem que esconder seu corpo porque homens não sabem lidar com isso. Claro, nunca generalizando. Mas falando na média.

Não entendo o propósito do sutiã e entendo porque queimá-los foi um símbolo tão forte de libertação. Mas ainda sinto muita pressão social (ainda que trancada no meu consciente/inconsciente) para usá-lo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s