Antoninho e a corrente do bem

Semana passada, combinei com uma colega do teatro de nos encontrarmos às 12h na orla da praia de Icaraí (uma das praias daqui de Niterói) para ensaiar uma cena que tínhamos que apresentar para uma avaliação. Enquanto a esperava, conversando com outra colega do teatro que apareceu por lá, um senhor idoso se aproximou de nós em uma cadeira de rodas automática. Seu nome? Antoninho … Continuar lendo Antoninho e a corrente do bem